Menu

Superlotação nos serviços de urgência e emergência cai 43% em hospitais do SUS

Data: 27/01/2020

A superlotação nos serviços de urgência e emergência em 20 hospitais públicos teve uma redução de 43% nos últimos seis meses, com uma redução média de 39% no tempo de passagem do paciente da urgência até a alta, e uma média de 12h a menos no pronto socorro. Esses são alguns dos resultados do terceiro ciclo do projeto “Lean nas Emergências”, que visa aplicar processos que melhorem os índices de superlotação nos serviços de urgência e emergência em hospitais do SUS.

A superlotação dos serviços de urgência e emergência em hospitais do SUS é um fator que impacta a vida dos pacientes. Além da longa espera, a superlotação causa outros problemas, como o aumento da média de permanência do paciente no hospital, desperdício de tempo e recursos e menor giro de leitos. O Projeto “Lean nas Emergências”, liderado pelo Hospital Sírio-Libanês por meio do Programa De Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), utiliza metodologias estruturadas de gestão e otimização de recursos para mudar esse cenário.

Saiba mais.

Fonte: Portal Hospitais Brasil